Faculdade Murialdo

Série de reportagens mostra as atividades desenvolvidas no estágio curricular obrigatório em Medicina Veterinária da Faculdade Murialdo

 

A profissão do Médico Veterinário é reconhecida mundialmente por ter uma atuação de dimensão transversal. São mais de 80 áreas diferentes em que os profissionais podem atuar. A anestesiologia veterinária foi a temática escolhida pela formanda Camila Barpi dos Santos, 24 anos, para o trabalho de Conclusão de Curso, que é realizado por meio de um estágio obrigatório.

 

A acadêmica fez o seu estágio em duas etapas: a primeira na Clínica Veterinária PetMed Saúde Animal, em Caxias do Sul, e no Hospital Veterinário de Passo Fundo (HV-UPF), ambos na área de anestesiologia. O amor pela área veio desde o início do curso, quando estagiou na Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, no Rio de Janeiro. “Acredito ser uma das áreas mais importantes que hoje a medicina veterinária abrange, pois todo procedimento cirúrgico depende de uma boa anestesia. Como lidamos com vidas, precisamos sempre prestar o melhor serviço”, salienta.

 

A realização do estágio é de grande importância aos estudantes, pois é o momento onde eles colocam em prática os conteúdos vistos em sala de aula. “ É muito bom poder fazer o link das disciplinas da faculdade com a área de atuação, no meu caso, a anestesia agrega diversas disciplinas que são extremamente relevantes para atuação nesta área”, afirma.

 

Dicas para estágio

A formanda deixa algumas dicas aos estudantes que iniciarão o estágio:

“Se dedique ao máximo durante este período, se destaque, faça valer a pena. Estude, estude muito para ser melhor para cada paciente que irá atender, nunca esqueça que lidamos com vida, e toda vida importa. Além disso, seja ético em qualquer área de atuação. Não esqueça de tirar as dúvidas, pois é um período que devemos aprender o máximo”!

 

Relação com a FAMUR

Camila conta que a Faculdade Murialdo tem grande importância na sua vida e que sua passagem pela Instituição foi significativa. “Além de acadêmica por 6 anos, pude fazer parte desta equipe durante dois anos. Passei por momentos difíceis, e tive apoio de muitas pessoas, e sou grata por tudo que aprendi durante esses dois anos como profissional. E como acadêmica, tenho só que agradecer aos professores que passaram seus conhecimentos e me fizeram amar ainda mais esta profissão”, finaliza.

 

Imprimir